Andres Barrios

Toma o leme, erge a vela, iça a âncora… e viaja pelo mundo num barco de bailarinos e músicos de flamenco como exploram o seu passado e as suas raízes. Descubra que os seus estilos mais profundos, tais como o soleá ou o choro de uma siguiriya não são tão afastados da música árabe ou indiana, ou que os tangos se assemelham ao Jazz e as bulerías são influenciadas pelo latim. Como um bailarino de flamenco atual, disposto a navegar os mares musicais e a descobrir novas terras para encontrar os sons negros do passado transformando-os em cadências modernas, Andrés e a sua banda não deixarão ninguém indiferente. Ele dar-vos-à uma grande experiência sensorial, levando-vos por uma viagem musical, que tem como mapa o flamenco. A música que flui das suas mãos levará qualquer um a outro lugar, navegando pelos mares, terras, ritmos e sons.

Andrés Barrios, tendo raízes andaluzes, foi sempre extremamente atraído pelo flamenco, e hoje explora uma variedade de estilos diversos em suas composições, que combinou através de anos de aprendizagem. Estudou música clássica desde criança, tendo escolhido o piano como instrumento, e à medida que foi crescendo, ganhou o gosto por diferentes géneros musicais, como o Jazz, música latina e Afro-cubana, inspirando-se em Chick Corea, Chucho Valdés, Michel Camilo e Gonzalo Rubalcaba, entre outros. Mais tarde aprendeu sozinho a amalgamar todos estes géneros, que conferem à sua música um toque estético sofisticado e uma harmonia fora do comum.

Pode também gostar

Espetáculos